Arcanos Maiores


Os 22 Arcanos Maiores representam o modelo ideal para a humanidade chegar a perfeição, segundo Jung os Arquétipos são imagens psíquicas do inconsciente coletivo e patrimônio comum de toda a humanidade.

Podemos dizer que eles representam a jornada do Herói rumo ao autoconhecimento, representada na primeira ou ultima carta do grupo o Arcano 0 ou 22, “o Louco” que em seu caminho deverá vencer os desafios e desenvolver os atributos retratados nas 22 cartas até se libertar deste padrão cíclico e se reintegrar ao Todo.

Os 22 Arcanos Maiores estão relacionados com o espírito e as leis do carma, todas as manifestações evolutivas e involutivas da vida se manifestam em atributos específicos da natureza de cada carta, são dons já desenvolvidos ou qualidades superiores que devem ser alcançadas.

Os Arquétipos se apresentam nos momentos mais importantes nas vidas das pessoas, possuem uma atuação inconsciente nas dinâmicas diárias e devem ser respeitados. Funcionam como projeção interna da individualidade em seu meio ambiente. Retrata as figuras fortes na vida do individuo, a Mãe, o Pai, o Mestre, O amor, Os desafios e Tentações, as Leis e as vitórias, todas as demais forças que constroem as personalidades e suas inteirações com o mundo. A partir do reconhecimento destas atuações em nossas vidas, podemos nos libertar e trabalhar continuamente na expansão de nossa consciência aumentando nossa capacidade real de escolha.